Facebook investe mais de US$7 mi em líderes de comunidades

Facebook investe mais de US$7 mi em líderes de comunidades

5 de maio de 2021 0 By Vivi
Compartilhe:

Já há algum tempo que o Facebook tem a intensão de investir em grupos e comunidades dentro da plataforma.

A ideia é não ficar tão dependente da interação dos usuários em sua linha do tempo. Em teoria essas frentes podem aproximar melhor as pessoas e evitar discussões tóxicas na rede social.

👉PARABÉNS! VOCÊ GANHOU R$30,00! BAIXE AGORA O APLICATIVO E RESGATE SUA RECOMPENSA👈

👉PARABÉNS! VOCÊ GANHOU R$30,00! BAIXE AGORA O APLICATIVO E RESGATE SUA RECOMPENSA👈

Fazendo isso o engajamento seria de muito mais qualidade e valor para as pessoas que interagem, causam menos impacto negativo na vida das pessoas que usam diariamente o Facebook.

O intuito é financiar lideres em todo o mundo para ajudá-los a impulsionar o poder das suas comunidades, transformando ideias em ação. Para participar do programa basta fazer a sua inscrição que ficará aberta até 31 de maio.

Duração do programa

O programa vai funcionar por seis meses fornecendo treinamento, mentoria e financiamento, o investimento inicial será de US$ 3 milhões e serão permitidos apenas 80 participantes.

Beneficio abeto apenas para comunidades na qual os líderes são maiores de 18 anos e necessariamente precisam morar no Brasil, Estados Unidos, Austrália, Filipinas, Indonésia, Tailândia, Reino Unido, França, Alemanha, África do Sul, Quênia, Nigéria e Egito.

Então as comunidades devem existir a mais de 1 ano, seja ela online ou offline, e ter no mínimo 5 mil membros. Para participar basta se inscrever pelo próprio site do programa.

Vale ressaltar que quem participou da edição de 2020 do Aceleradora de Comunidades não podem se inscrever para essa edição. No entanto os participantes de outros programas do Facebook podem se inscrever, desde que atendam aos pré-requisitos.

Veja Também: Nova Atualização do WhatsApp 2021

Facebook e Instagram podem se tornar serviços pagos

Com a chegada do iOS 14.5 da Apple, aplicativos como Facebook e Instagram foram forçados a pedir permissão aos usuários para rastrear atividades em outros sites e apps.

Os aplicativos precisam de permissão do usuário antes de rastrear seus dados em aplicativos ou sites de terceiros para publicidade ou corretores de dados.

Os usuários poderão ver quais aplicativos solicitaram permissão para rastrear, para que possam alterar suas escolhas a qualquer momento.

O ATT é uma nova politica da Apple que veio junto com a nova versão do iOS 14.5. Com ele os aplicativos serão obrigados a enviar um pop-up avisando o usuário sobre a coleta de dados pessoais para fins de publicidade direcionada.

Através desses pop-ups será possível o usuário negar ou aceitar o acesso a seus dados, a nova aplicação tem como objetivo aumentar a privacidade dos usuários deixando livre somente a ele divulgar ou não seus dados.

Porem na prática a mudança na política de privacidade da Apple torna o rastreamento mais difícil para empresas que faturam com propaganda direcionada, e é por isso que empresas como o Google e Facebook são contra ela.

No entanto as principais prejudicadas serão as empresas que coletam, armazenam, processam, compram e vendem dados de usuários.

Essas empresas chamadas de data brokers são responsáveis por criar perfis de consumidores que podem ser usados para publicidades direcionadas.

05/05/2021
WHATSAPP IMUNE THE END

👉PARABÉNS! VOCÊ GANHOU R$30,00! BAIXE AGORA O APLICATIVO E RESGATE SUA RECOMPENSA👈

Em conclusão o CEO do Facebook disse que essas mudanças na privacidade da Apple prejudicarão o crescimento de milhões de empresas em todo o mundo. Pequenas empresas que usam os anúncios do Facebook não poderão mais divulgar propaganda direcionada a seus usuários isso irá impactar negativamente essas empresas.


Compartilhe: